8½ (1963)

Fala-se muito de superação do neorrealismo, do bloqueio criativo de Fellini, etc, etc. Fala-se pouco de ser belíssimo. Eu diria mesmo "ó filme bonito do cacete, meu deus".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui...