Corrida, ave, Coltrane

A vida não pára. Ou talvez ela pare, mas nós não. Feriados eram dias de festejar santos. Os santos de amanhã festejam os dias de hoje?

***

Entre dois momentos, liguei Hitchcock a um sonho e pensei no pássaro invisível que ataca as pessoas na rua.

***

O feriado acaba e, no documentário, o John Coltrane diz Obrigado, Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui...