Amarcord (1973)

Eu adoro absolutamente todos os segundos de Amarcord. Revi-o pela enésima vez e ainda rio à gargalhada quando o tio sobe à árvore, arregalo os olhos quando o navio passa, me encanto com o sortilégio do vento a soprar. 8½ abriu-me o interesse por Fellini quando era adolescente, mas Amarcord é mais do que um filme: é um sentimento. É por causa dele que às vezes digo "hoje é um bom dia para ver Fellini".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui...