A GIRL WALKS HOME ALONE AT NIGHT (2014)

Por acaso, foi o 2º filme de terror iraniano que vi estes dias (depois de À Sombra do Medo, de 2016, uma história mais tradicional de mãe que protege a filha de monstrinhos). Mas este é especial: um arthouse com toque de série B e belíssima fotografia pb sobre uma vampira que mora numa cidadezinha, passeia à noite de chador e curte um electropop. Detalhe: este é um Irã de exilados. A diretora e os atores são iranianos, mas a produção é americana e foi filmado na Califórnia. Além disso tudo, também é uma história de amor. Talvez o terror mais interessante que vi desde The Lure (2015).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui...